Voltar

Drones fazem monitoramento da Transolímpica

 

Rio de Janeiro (RJ) - Parte do monitoramento da via expressa que liga Deodoro à Barra da Tijuca é feita pelo ar. A parceria estabelecida entre o 2º Batalhão de Infantaria Motorizada (Escola), pertencente à Brigada Monte Castelo, e uma empresa especializada em sistemas aéreos não tripulados (drones) disponibilizou mais uma ferramenta para o patrulhamento da área.

 

A empresa cedeu equipamentos e profissionais especializados em operações de segurança dos Jogos Olímpicos, a fim de aprimorar a qualidade e a capacidade dos equipamentos patenteados.

 

“Encontramos uma ótima oportunidade de utilizar, sem ônus, equipamentos eficientes para expandir a capacidade de supervisão da nossa zona de ação”, explicou o Major Ricardo Gonçalves da Rosa, oficial da Seção de Planejamento Operacional da Brigada.